Lei de responsabilidade moral

Postado em 19/07/2020 13:33


Lei de responsabilidade moral

Torna inelegível candidato que minta na campanha eleitoral.

Com a lei, os candidatos deverão cumprir com tudo que prometerem na campanha eleitoral. E tudo deverá constar em plano de governo para que os eleitores possam cobrar o cumprimento das promessas de campanha. Não podemos mais aceitar que candidatos faltem com a verdade com quem pretende representar.

Ficando provado qualquer ato em discordância, ou descumprimento, com o que foi proposto no seu programa de governo, o candidato ficará inelegível pelo período de 8 anos em futuras eleições. Precisamos coibir esta prática nefasta disseminada desde sempre em nossa democracia. É inaceitável que alguém que pretende nos representar possa mentir sem incorrer em crime ou pena de inelegibilidade.

Esta é uma ideia legislativa registrada no e-cidania, no portal do senado, e poderá ser debatida pelos senadores se atingir vinte mil (20.000) apoios.



Participe do debate:
CARLOS JOOS
Quem vai decidir se o candidato mentiu? - 09/08/2020 21:05 - Responder este comentário
Lino Melhado
Seus atos. - 16/08/2020 09:24
Lino Melhado Neto
Sou a favor desta ideia, pelo fim do estelionato eleitoral. Nossos representantes precisam cumprir com suas promessas de campanha, nada mais justo! - 27/07/2020 00:01 - Responder este comentário
Busque uma pauta:
Categorias
Debate Público
A plataforma Debate Público é uma ferramenta para democracia participativa e debate público, sem viés político-partidário.